MENU
media

Você já ouviu falar no mal perfurante plantar? Este é um problema comum em pacientes diabéticos, que normalmente apresentam diminuição ou perda da sensibilidade nos pés. Quando o paciente machuca o pé, ele não sente dor e acaba não percebendo as feridas que aparecem. Assim, a lesão se agrava, tornando o tratamento mais complexo e a cicatrização mais difícil. Essas feridas complexas são as úlceras plantares nos pés, o chamado “Mal Perfurante Plantar.

Sendo assim, é muito importante redobrar a atenção dada aos membros inferiores no caso de pessoas diabéticas. Pequenos fragmentos cortantes (em prego, uma quina afiada) ou até mesmo o sapato inadequado podem causar lesões.  Estas, se não tratadas, podem servir como porta de entrada para infecções e micro-organismos indesejados.

O controle rigoroso da glicemia é o modo mais importante de prevenção das complicações neurológicas e vasculares dos diabéticos. Porém, alguns outros cuidados podem ser úteis para evitar o aparecimento do mal perfurante plantar:

– Nunca andar descalço;
– Inspecionar diariamente a região abaixo do joelho;
– Cortar as unhas regularmente com ajuda de um profissional da saúde;
– Não utilizar calçados fechados sem meias;
– Sempre verificar o interior dos calçados antes de colocá-lo para se certificar que não há pedras, aspereza ou dobras no forro;
– Utilizar cremes diariamente nos pés;
– Usar técnicas que aliviam a pressão na proeminência óssea, como utilização de palmilhas, calçados especiais ou muletas, se necessário.

Caso apareça alguma feridinha, comece imediatamente um tratamento. Procure um profissional de saúde e obedeça aos procedimentos indicados por ele, que vão variar de acordo com a gravidade da lesão.

Dica da Profitus: para os casos de mal perfurante plantar, a Millitus Derm pode te ajudar. A nossa pomada da caixinha vermelha, produzida com extrato natural de urucum, estimula ativamente a cicatrização. Assim, é possível reduzir o tempo de tratamento da ferida e alcançar o bem-estar mais rapidamente. Indicado especialmente para pacientes diabéticos, mas também para os não diabéticos.


  • Jul 04, 2018
  • Category: Bem-Estar
  • Comentários: 0
Comentários: 0

Sem comentários no momento =(

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado, fique tranquilo! *