MENU
media
12.07.2018

Quem tem psoríase pode tomar vacina contra febre amarela?


A dermatologista Dra Elisa Maranha responde pra gente:
Se o paciente de psoríase e/ou artrite psoriásica já estiver tomando algum medicamento oral ou injetável para psoríase, NÃO DEVERÁ tomar a vacina da febre amarela. Entenda o porquê em nosso blog.

Saiba Mais
media
12.07.2018

Diabetes: conheça os 10 sintomas iniciais

Você sabe identificar a diabetes?

Aqui estão listados 10 sintomas que podem ser sinal de diabetes. Fique atento se apresentar algum deles e procure um médico se forem contínuos ou combinados. Estes são sintomas típicos da diabetes tipo 2, que pode aparecer em qualquer idade. O diagnóstico rápido da doença permite que o paciente receba tratamento adequado e diminui a possibilidade do aparecimento de complicações mais graves.

Saiba Mais
media
11.07.2018

Os tipos de queimaduras

Queimadura é uma lesão na pele que poder provocada por sol, líquidos quentes, fogo, substâncias químicas e eletricidade. A gravidade da lesão pode ser avaliada de acordo com a extensão e profundidade e é importante para o correto cuidado da queimadura. As queimaduras mais difíceis de serem classificadas são as causadas por eletricidade, pois podem não apresentar danos superficiais e, no entanto causar lesões graves abaixo da pele.

Saiba Mais
media
10.07.2018

Diabetes infantil: esteja atento às crianças

A diabetes não é uma doença que afeta somente aos adultos. Muitas crianças e adolescentes também precisam conviver diariamente com a doença – o que implica aplicações de insulina, medições de glicose e todos os outros cuidados diários exigidos pela diabetes. Na maioria das vezes (90% dos casos) a diabetes infantil é tipo 1. Por isso, falaremos especificamente desse tipo. Confira o post.

Saiba Mais
media
04.07.2018

Mal perfurante plantar: a úlcera nos pés diabéticos

Você já ouviu falar no mal perfurante plantar? Este é um problema comum em pacientes diabéticos, que normalmente apresentam diminuição ou perda da sensibilidade nos pés. Quando o paciente machuca o pé, ele não sente dor e acaba não percebendo as feridas que aparecem. Assim, a lesão se agrava, tornando o tratamento mais complexo e a cicatrização mais difícil. Essas feridas complexas são as úlceras plantares nos pés, o chamado “Mal Perfurante Plantar".

Saiba Mais
media
04.07.2018

Pé diabético no Brasil: a comorbidade que custa caro

Estima-se que nos países em desenvolvimento, 25% dos pacientes diabéticos desenvolverão ao menos uma úlcera do pé durante a vida. Contudo, ainda faltam evidências sobre a epidemiologia e custos do “pé diabético” no Brasil e no mundo. Os custos da saúde são 5xs maiores em diabéticos com úlceras no pé quando comparados com os sem úlceras. Esses custos estão principalmente relacionados às hospitalizações, mas também com o tratamento e acompanhamento de pacientes ambulatoriais.

Saiba Mais